Links internos: por que tê-los?

Links internos servem para mostrar ao buscador que ele pode encontrar conteúdos relevantes no website.

Além de conferir autoridade entre as páginas, oferecem uma navegação mais fácil e simples aos usuários. Eles otimizam o SEO On-Page e garantem benefícios expressivos para gerar peso no domínio dos algoritmos do Google.

Como links são essenciais para estratégias on-line, confira nosso artigo sobre as vantagens dos links building internos e externos.

Links internos expressivos em alguns passos

Se você está em dúvida sobre o tipo de link que insere em seu conteúdo, faça alguns questionamentos e tente solucionar os problemas encontrados.

Verifique se está utilizando a âncora certa, se o link se relaciona com o conteúdo apontado, se faz sentido um post apontar para outro interno e quais as melhores estratégias para implementar os links.

Com os links internos é possível distribuir a força de uma página relevante para quase todas as outras, proporcionando melhora no engajamento. Não fique preso somente a home do seu site. Ela precisa ser ótima sim, mas todos os outros locais de página também.

O usuário transitará por ele e terá uma experiência, não faça dela algo frustrante, pelo contrário, faça com que seja algo prazeroso, simples, intuitivo, responsivo, objetivo e funcional. Todo conteúdo que ele precisa não necessita estar a mais de três cliques de distância, por isso é tão importante avaliar o link interno que você indica.

Isso ajuda a manter a arquitetura do site organizada e limpa.

Mas atenção, essa é uma dica, não uma regra. Sites que contêm muitas categorias, sub-tópicos e milhares de páginas vão responder de modos diferentes.

Plugins também ajudam a aumentar as visitas e o tempo de permanência, o que faz com que o Google valorize sua página. Os plugings colocam no final de cada post novo um post relacionado.

Use um texto âncora relevante para linkar, um que não faça o Google pensar que você está o manipulando. Utilize mais de um texto âncora para o post que cria relação e evite os usuais “clique aqui”; “saiba mais”.

Saiba porque 75% dos usuários nunca passam da primeira página.

WhatsApp